Arquivo da categoria: Rede social de músicas

LECTOR INCENTIVA A CULTURA MUSICAL

alex_logo_soumix

Nascida da vontade exacerbante de interligar pontos, facilitar comunicação entre pessoas e organizações, a Lector tem como objetivo maior algo simples, porém, desafiador: desenvolver soluções em software flexíveis às necessidades de seus clientes. Transpor as barreiras ‘tempo’ e ‘distância’, numa atualidade onde cada segundo pode fazer a diferença, é um dos ingredientes que fazem a equipe acordar todos os dias e pensar: O que podemos fazer de melhor hoje?

E a missão de transpor barreiras e diminuir distâncias é algo que vai além das suas soluções corporativas como Lector Live e Lector Studio. A Lector também aposta em cultura! Especialmente na música. E agora você deve estar se perguntando: “E o que isso tem a ver com transpor as barreiras tempo e distância?” Tudo! Afinal, qual o apaixonado por música que nunca deixou de ‘tirar aquele som’ com os amigos, por estarem em lugares diferentes? Ou quem nunca teve vontade de reativar a banda do colegial mas ficou só na vontade porque os integrantes estão um em cada canto do estado, do país ou do mundo? Neste sentido, a proposta da Lector não é mera formação de um banda on-line, mas sim a troca de cultura, o incentivo cultural e, acima disso, a aproximação de pessoas. Aqui nasceu o Soumix! On-line, totalmente gratuita e simples de usar, essa plataforma é movida a música, cultura e diversão.
Agora, sem mais demoras, retire sua guitarra do armário, dê aquela breve afinada e… som na caixa!

http://www.soumix.com.br


Soumix Rede social na internet para músicos na Revista Exame

Voltada para músicos, a rede social brasileira SouMix é diferente do MySpace porque é aberta à colaboração. As músicas podem ser criadas online por vários usuários.

Ou seja, além de ser um espaço para divulgar o trabalho, conhecer outros músicos, ouvir novas criações, os usuários da SouMix – criada pela Lector Tecnologia em Informática – podem ter suas criações editadas por outras pessoas. A ferramenta de edição pode ser restringida, assim o usuário mantém o controle sobre quem mexe nas suas criações.

soumix

http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/9-redes-sociais-de-nicho-voltadas-para-carreiras#5

Como funciona? Um usuário grava uma melodia em violão, por exemplo, e aguarda a colaboração de baixistas, bateristas, cantores e outros músicos interessados em ajudar na composição.

Para conhecer melhor o SouMix acesse: http://www.soumix.com.br

Para conhecer a empresa Lector Tecnologia acesse: http://www.lectortec.com.br


Recife sedia projeto pioneiro de ensino musical a distância

eMasterclass ofecerá aulas para instrumentistas de cordas pela internet. Ainda há vagas no projeto, que contará com professores estrangeiros.

Acontece nesta sexta-feira (16), no Recife, a aula inaugural de um projeto pioneiro no Nordeste que promove o ensino musical a distância para instrumentistas de cordas: o eMasterclass. Até junho, os participantes terão aulas de aperfeiçoamento técnico por meio de videoconferências pela internet, sob a batuta de professores da Rudi Scheidt School of Music de Memphis, nos Estados Unidos, e Conservatório Carl Nielsen, da Dinamarca. As turmas são formadas por integrantes da Orquestra Criança Cidadã, mas há vagas para alunos ouvintes. A inscrição é gratuita.

Produzido pela Virtuosi Sociedade Artística e aprovado pelo Funcultura de 2011, o eMasterclass é inspirado em programas similares realizados em todo o mundo. “Aulas através de videoconferência já existem, mas um curso de longa duração feito pela internet é a primeira vez que eu vejo, pelo menos, aqui no Nordeste. Quem sabe até no Brasil? Lá fora existe, mas não de forma muito regular”, diz a idealizadora e integrante da coordenação do projeto, Ana Lúcia Altino.

O curso é para jovens músicos se aperfeiçoarem e receberem, de forma intensiva, uma orientação didática com professores e artistas experientes. O projeto oferece aula prática de instrumentos de cordas, abordando os vários aspectos técnicos e musicais da execução de cada um. “É claro que vamos esbarrar em alguns probleminhas técnicos. O som talvez não seja o melhor. Mas eles vão ver e ouvir, em tempo real, opiniões de pessoas reconhecidas, com muita experiência, que provavelmente nunca viriam aqui para isso”, afirma Ana Lúcia Altino.

Para ela, o sistema em duas vias permite ao aluno ver e ouvir os professores, que, por sua vez, mantêm ouvidos e olhos atentos aos fraseados e postura daqueles, entre outros benefícios, como tempo e comodidade. No entanto, ela lembra que as aulas via internet são um reforço para aquilo que os estudantes já estão fazendo. “Não é um substituto para as aulas convencionais. Nós abrimos essas turmas para gente que já toca e pode entender a linguagem dos mestres, para poder aproveitaram o máximo deles”, comentou.

As aulas serão ministradas na sede da Orquestra Criança Cidadã, no Quartel do Cabanga. São duas turmas pela manhã e tarde, com carga horária de oito horas semanais. O projeto contará com a participação dos professores Soh-Hyun Park (violino), Rafael Altino (viola), John Chiego (contrabaixo) e Leonardo Altino (cello).

 


Criação de músicas colaborativas!

Este site pode ser útil para os músicos de plantão: http://www.soumix.com.br

Trata-se de uma rede social (com todo aquele esquema de perfil, amigos, etc..), mas que tem um grande diferencial: você cria as músicas on-line (isto mesmo: o site tem um gravador on-line de áudio). Além disto, você pode complementar músicas feitas por outros músicos!

Imagine o seguinte: você entra no site e cria uma nova música com o violão. Qualquer pessoa pode escutar a sua música (existe um controle de permissão para tudo isto..), você já está divulgando o seu trabalho para todos.

Outra pessoa que gostou da sua música de violão e sabe tocar bateria resolve adicionar mais uma trilha de áudio nela: a bateria. Outra pessoa pode adicionar a voz, outra o baixo, etc.. E assim a música vai sendo construída, com os talentos de todos os que quiserem participar!

É quase como se fosse um estúdio de gravação via internet. Uma banda virtual. E o legal é que músicos de qualquer nível podem usar o site: o pessoal que está aprendendo pode tocar junto com músicos experientes, ou apenas ouvir o som separadamente de cada instrumento, para aprender.

O site ainda é novo, está em beta. E é uma idéia totalmente original, feita por brasileiros.

E o melhor: tudo isto totalmente grátis!

Para conferir os dados publicados pelo site OVelho, clique aqui.

Para conhecer melhor o SouMix acesse: http://www.soumix.com.br