Lector Live: Da necessidade uma solução eficaz

evolucaoMarca2010

 

 

 

SCI, empresa catarinense que se destaca por oferecer soluções diferenciadas em tecnologia para o mercado contábil, iniciou suas atividades em 1991. Percebendo a necessidade de o mercado contábil informatizar seus dados, a empresa foi se especializando na criação de software para o segmento. Hoje, a SCI conta com mais de seis mil clientes ativos e 30 mil usuários.

Com a grande demanda de clientes e a necessidade de capacitar com mais eficiência e com menor custo, a SCI optou pela capacitação on-line, utilizando a plataforma de comunicação a distância Lector Live. Desde que a empresa adotou a plataforma, Elinton Marçal – Diretor de Tecnologia e Marketing – afirma que a SCI conseguiu encurtar distâncias e capacitar pessoas de todo o Brasil, o que antes seria praticamente impossível.

Confira a entrevista que Elinton Marçal cedeu ao Blog Mundo a Distância.

Blog – Para quais finalidades sua empresa utiliza o Lector Live?

SCI – Utilizamos o Lector Live para demonstrações, treinamentos de parceiros e clientes.

Blog – Quantas pessoas o utilizam?

SCI – Estamos apenas engatinhando no projeto, treinamos em média 80 pessoas de uma única vez, mas por mês são em torno de 1000 pessoas.

Blog – O que mudou para a empresa com a utilização da ferramenta?

SCI – Mudou muita coisa, reduzimos custos e ganhamos na velocidade da informação.

Blog – Houve diminuição de gastos? É possível quantificar?

SCI – Diminuiu muito, é impossível quantificar, pois agora fazemos muito mais por muito menos investimentos. Estadias, Transporte, Alimentação e Horas Extras são os principais gastos que reduzimos.

Blog – De que outras formas a sua empresa foi beneficiada com a utilização do Lector Live?

SCI – Foi muito beneficiada, pois encurtamos distâncias, treinamos gente do Brasil todos via EAD, antes era impossível.

Blog – A ferramenta supre as necessidades da sua empresa?

SCI – Sim, perfeitamente, estamos muito felizes com a Lector.

Blog – Já utilizou alguma customização especial da ferramenta? Qual a modificação principal?

SCI – Somos clientes novos, seis meses, usamos somente o básico, mas estamos encantados com a ferramenta.

Blog – Como você avalia o suporte e o atendimento ao cliente realizado pela Lector Tecnologia?

SCI – Excelente, sempre muito atenciosos. Impressionante!

Conheça a plataforma de webconferência Lector Live e reduza tempo e custo em seus eventos, treinamentos, apresentações, suporte. Acesse www.lectortec.com.br e entenda porque grandes empresas adotaram a plataforma de comunicação a distância Lector Live.


Aulas de Universidades Federais serão disponibilizadas na internet

Projeto deve ser inaugurado ainda nesse primeiro semestre

shutterstock_106822538

O Ministério da Educação pretende disponibilizar na internet vídeos com palestras e aulas de universidades públicas federais.

O projeto, batizado de Universidade Livre, deve começar funcionar ainda no primeiro semestre de 2013, anunciou o ministro Aloizio Mercadante, na última quarta-feira, 16, em Brasília.

Segundo ele, a iniciativa não substitui a universidade nem a certificação, mas ajuda a reforçar o processo de aprendizagem.

“Desta forma, você poderá assistir a aula de qualquer professor de qualquer universidade [federal] do Brasil. Serve para complementar o curso que está fazendo e isso vai multiplicar a capacidade pedagógica e de aprendizagem”, disse Mercadante.

As universidades terão autonomia para decidir se querem ou não participar do projeto. Segundo o ministro, o assunto já foi discutido com reitores e foi recebido com “grande simpatia”.

“Nossa expectativa, se tudo der certo, é que ao longo deste primeiro semestre de 2012 a gente possa concluir o estudo da plataforma tecnológica para verificar o equipamento mais adequado e a parceria com as universidades”, declarou.

Ainda na última quarta-feira, o MEC promoveu um seminário sobre educação digital que teve a participação do educador norte-americano Salman Khan, autor de mais de 3,8 mil videoaulas, com 200 milhões de acessos na internet. No evento, Khan defendeu o uso da educação digital como forma de democratizar o acesso ao ensino de qualidade. “O conteúdo ao qual o filho dos mais ricos tem acesso pode ser dado aos menos servidos de educação. Queremos tornar a educação não em algo escasso, mas em um direito humano que todas as pessoas possam ter”, disse.

Graduado pelo renomado Instituto de Tecnologia de Massachusets (MIT, na sigla em inglês) e com MBA pela Universidade Harvard, Khan trabalhou no mercado financeiro antes de se tornar conhecido no mundo virtual por postar aulas sobre matemática, física, biologia, química e outras disciplinas, o que o levou a criar uma organização acadêmica – a Khan Academy. Na avaliação de Khan, ferramentas tecnológicas otimizam o tempo dos professores e contribuem para ampliar o contato entre aluno e professor e estimulam o aprendizado individualizado.

Cerca de 400 aulas do professor foram traduzidas para o português pela Fundação Lemann, organização sem fins lucrativos. O material deverá integrar o conteúdo dos tablets a serem distribuídos neste ano pelo MEC aos professores do ensino médio, informou Mercadante. As aulas podem ser acessadas gratuitamente na internet.

“É mais uma opção que o professor tem para ver boas aulas, práticas didáticas exitosas e isso vai enriquecer o repertório dele. Se o professor e a rede municipal ou estadual tiverem interesse de utilizar de uma forma mais intensa, o MEC está disposto a apoiar, não só essa plataforma, mas outras similares”, explicou o ministro.
Fonte: Olhar digital

 

Conheça a plataforma de webconferência Lector Live e reduza tempo e custo em seus eventos, treinamentos, apresentações, suporte. Acesse www.lectortec.com.br e entenda porque grandes empresas adotaram a plataforma de comunicação a distância Lector Live.


Cabines com videoconferência são os consultórios médicos do futuro

O HealthSpot Station seria colocado em hospitais e estabelecimentos cotidianos.
on-line (Fonte da imagem: Reprodução/Dvice)

O consultório do dentista ainda é mais odiado, mas muita gente não gosta nem de passar perto de médicos ou hospitais para consultas que exigem um bom tempo na sala de espera. Mas e se você pudesse pedir um diagnóstico rápido ou apenas conversar com um profissional da saúde?

É essa a proposta da HealthSpot Station, uma cabine que serve como uma ligação direta entre paciente e médico. Dentro dela, é possível realizar videoconferências com profissionais da saúde e até fazer diagnósticos rápidos com o uso de aparelhos na cabine, desde estetoscópios (para medir batimentos cardíacos) até equipamentos mais específicos, para identificar lesões na pele. Após o uso, ela é esterilizada para receber o próximo paciente.

Do outro lado, o médico obtém as informações dos aparelhos e é capaz de formular um diagnóstico.  A ideia é que as cabines sejam colocadas em centros de atendimento médicos que costumam ficar cheios, em farmácias e até outros estabelecimentos não relacionados com a saúde, como supermercados.

Testes em Columbus, no estado norte-americano de Ohio, mostram que a cabine ajuda a otimizar consultas e pronto-atendimentos. Agora, em parceria com uma rede de produtos médicos, a fabricante vai enviar unidades para um hospital infantil em Miami.

Fonte: Tecmundo

 

Conheça a plataforma de webconferência Lector Live e reduza tempo e custo em seus eventos, treinamentos, apresentações, suporte. Acesse www.lectortec.com.br e entenda porque grandes empresas adotaram a plataforma de comunicação a distância Lector Live.


Tendências para 2013

Saiba o que especialistas esperam ver no mercado de tecnologia no próximo ano

O atual mercado de tecnologia da informação está em crise“Não veremos nada de novo”. É com esta frase que o gerente de pesquisa e consultoria do IDC, Alessandro Figueiredo, define o próximo ano no mercado de tecnologia. Segundo o especialista, as quatro tendências apontadas pelo IDC para 2013 são assuntos recorrentes.

O primeiro deles é a velha e boa cloud computing que, de acordo com Figueiredo, deve decolar com força no Brasil em 2013. “Por mais que tenham falado muito disso no país, somente no ano que vem que veremos uma forte adoção. Este ano tivemos conflitos entre as ofertas e as necessidades. A tendência é que isto se alinhe em 2013″, comenta.

O segundo tema que deve aparecer nas agendas das corporações é o Big Data. Os equipamentos (hardware) para armazenar dados e os softwares que exploram as informações terão um bom espaço no mercado, apesar do alto custo.

O Gartner, outra consultoria da área de TI, também vê o BD na lista das dez principais tendências para 2013. “Lidar com volume, variedade, velocidade e complexidade dos dados está forçando as empresas a mudarem suas abordagens tradicionais. Esta percepção está levando as organizações a abandonar o conceito de único local de armazenamento de dados. Elas estão apostando em múltiplos sistemas de análises de dados”, afirmou a companhia em uma pesquisa recente.

Outro estudo, realizado pela E.life, especialista em redes sociais, também aponta para um explosão do Big Data nos próximos meses. O documento informa que o termo passará a ser obrigatório em reuniões de marketing digital, uma vez que o desafio de como lidar com um volume exponencial de dados internos e externos será real em 2013.

“Plataformas como o Twitter poderão facilmente ultrapassar 1 milhão de postagens mensais mencionando uma grande marca somente no Brasil. De acordo com a revista The Economist, o mundo vai produzir 34.6 Zettabytes (1 trilhão de gigabytes) em 2020, saltando dos pífios 0.13 que produziu em 2005. Outra infraestrutura de servidores, largura de banda, banco de dados e algoritmos será necessário”, declarou a empresa.

Dispositivos móveis, como era de se esperar, também terão lugar garantido em 2013. Tablets e smartphones continuarão sendo a grande tendência no mundo varejista, o que impactará diretamente no mercado corporativo. Sendo assim, a última tendência apontada pelo especialista é a consumerização ou o conhecido “Bring your own device” (traga eu próprio dispositivo, em português). O Gartner ainda reforça a tendência com um estudo que sugere que os smartphones vão ultrapassar os PCs no acesso à internet no próximo ano.

“As pessoas vão forçar as empresas a criarem políticas de segurança para os aparelhos que elas levarem para o trabalho. A chegada da Apple no Brasil deve contribuir bastante com isso, aliás”, afirma Figueiredo.

Além dos temas citados, o Gartner acrescentou outros assuntos em destaque para o ano que vem. Os aplicativos móveis e os aplicativos construídos em HTML5 devem ganhar cada vez mais espaço no cotidiano dos consumidores e corporações. Ao lado deles, os serviços de armazenamento na nuvem para usuários finais também terão mais reconhecimento no mercado.

A internet das coisas, que vai conectar diversos produtos à rede, também foi apontada como uma das principais tendências para 2013. Para eles, a mobilidade já não se refere apenas a utilização de celulares ou tablets. A tecnologia celular está sendo incorporada a novos dispositivos.

Smartphones e outros dispositivos inteligentes agora se comunicam via NFC, Bluetooth e Wi-Fi para adicionar uma ampla gama de aparelhos e periféricos, tais como monitores de saúde e sistemas de entretenimento doméstico”, explica a companhia.

Fonte: Olhar Digital

 

Conheça a plataforma de webconferência Lector Live e reduza tempo e custo em seus eventos, treinamentos, apresentações, suporte. Acesse www.lectortec.com.br e entenda porque grandes empresas adotaram a plataforma de comunicação a distância Lector Live.


Investimento de sucesso: Escola de Negócios utiliza o Lector Live para formação de investidores on-line

A empresa Omega Invest iniciou suas atividades com a ousadia e determinação do sócio-diretor Renato Falcão, que já atuava como corretor de investimentos. Como corretor, Renato percebeu que o mercado não proporcionava educação direcionada para investidores, decidiu juntamente com seu sócio Pedro Stancati, abrir um novo negócio: a Escola de Negócios Omega Invest, especializada na educação executiva financeira.logo-omega

A Escola de Negócios Omega Invest está no mercado há três anos oferecendo cursos on-line e gravados, eventos especiais direcionados para as áreas de análises gráficas, análise de riscos e estratégias financeiras. A escola presta também serviço na área de Assessoria Financeira.

A Omega Invest utiliza a plataforma de comunicação a distância Lector Live para seus treinamentos a distância e gravados. Renato Falcão percebeu um grande custo/benefício desde que a solução Lector Live foi adotada pela Escola. Confira abaixo a entrevista que Renato Falcão cedeu exclusivamente para o blog Mundo à Distância:

 

Blog Mundo a Distância – Para quais finalidades sua empresa utiliza o Lector Live?

Omega InvestTreinamentos ao vivo.

Blog – Quantas pessoas o utilizam?

Omega Invest Entre 10 e 20 pessoas simultaneamente, em média.

Blog – O que mudou para a empresa com a utilização da ferramenta?

Omega InvestGravações disponibilizadas logo após o evento eliminaram o problema que consistia na necessidade de converter todos os vídeos de aulas anteriores. Fora isto, uma ferramenta de fácil acesso, toda em português, otimizou nosso contato com nossos clientes.

Blog- Houve diminuição de gastos? É possível quantificar?

Omega InvestNa verdade não, pois utilizávamos uma ferramenta pré-paga mais barata. No entanto, o custo x benefício está valendo a pena.

Blog – Existe alguma receita hoje, após adotar o ensino a distância, que antes não existia? É possível quantificar?

Omega InvestSim, cerca de R$5.000,00 em venda de cursos a distância, ao mês.

Blog – De que outras formas a sua empresa foi beneficiada com a utilização do Lector Live?

Omega InvestBom atendimento, relacionamento bacana com o pessoal da área comercial, e facilidade de operação do dashboard de moderador.

Blog – A ferramenta supre as necessidades da sua empresa?

Omega Invest Sim

Blog – Já utilizou alguma customização especial da ferramenta? Qual a modificação principal?

Omega InvestSim, para escolher qual tela de meu computador compartilhar.

Blog – Como você avalia o suporte e o atendimento ao cliente realizado pela Lector Tecnologia?

Omega Invest – Excelente!

 


Carro tablet exibe conteúdo multimídia na própria carroceria

2665822-7920-rec

O carro conceito iiMO projeta conteúdo de dispositivos móveis na própria carroceria

Já imaginou andar em um carro que funciona como um grande tablet? Essa é a proposta do iiMO, um veículo conceito que projeta conteúdo de dispositivos móveis na própria carroceria. Por meio de uma conexão sem fio, é possível que os usuários enviem dados para serem exibidos nas partes internas e externas do automóvel produzido pela Toyota.

Sem pintura externa definida, o corpo do carro é uma espécie de grande display, podendo projetar fotos, vídeos, textos ou que mais a pessoa desejar. A tela é sensível ao toque, permitindo que os usuários interajam com o conteúdo. Para que isso seja possível, o iiMO utiliza um software especial que é configurado para manter-se atualizado com as novidades tecnológicas.

Apresentado no Salão de Paris 2012 e no 27º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, neste ano, o veículo tem 4,02 metros de comprimento, 1,745 metros de largura, 1,415 metros de altura e 2,75 metros de distância entre os eixos. O carro é composto por três bancos, dois na frente e um atrás. Já o volante não fica junto ao painel, mas preso a um suporte que fica junto ao banco do motorista. Movido a energia elétrica, o conceito começou a ser divulgado em 2011, com o nome de Fun ii.

Além do display interativo, o carro é equipado com tecnologias de apoio ao motorista, como piloto automático e comando de voz, que permite que o usuário utilize serviços como “navegação concierge”, por meio da qual é possível fazer reservas em restaurantes. O veículo ainda possibilita que o motorista entre em contato com amigos que estiverem dirigindo pelas proximidades. Ainda não há previsão de lançamento mundial, pois o conceito tem limitações que não se adaptariam ao trânsito de alguns países, como o fato de ser muito baixo.

Fonte: tecnologia.terra

Conheça a plataforma de webconferência Lector Live e reduza tempo e custo em seus eventos, treinamentos, apresentações, suporte. Acesse www.lectortec.com.br e entenda porque grandes empresas adotaram a plataforma de comunicação a distância Lector Live.


Restaurante na China oferece ‘jantar virtual’ com convidados à distância

Sala com teleconferência permite realizar almoço de negócios à distância.

Um restaurante na China oferece a possibilidade de comer com alguém que está a quilômetros de distância, por meio de uma teleconferência.

Uma sala com monitores, microfones e alto-falantes conectados a um computador permite marcar um almoço de negócios, ou um encontro entre amigos, com pessoas localizadas em cidades diferentes.

A novidade foi montada em um restaurante em Pequim.

distância

Restaurante na China oferece ‘jantar virtual’ com convidados à distância (Foto: BBC)

Fonte: G1. Globo

Conheça a plataforma de webconferência Lector Live e reduza tempo e custo em seus eventos, treinamentos, apresentações, suporte. Acesse www.lectortec.com.br e entenda porque grandes empresas adotaram a plataforma de comunicação a distância Lector Live.